quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Permite-me

Permite-me que te lembre,
deixa que te recorde...
pode ser que o meu coração
adormeça e não acorde.

MIGUEL AFONSO

2 comentários:

Felipa disse...

Deixa que te ame
permite que te estime
que meu coração se inflame
dessa dor que redime...

JB disse...

Palavras profundas, que tocam quem as lê!

Desejo-lhe um Santo e Feliz Natal, cheio de paz, saúde e amor!

Boas festas!

Beijinho