quarta-feira, 23 de novembro de 2011

A mais bela estrela

Era um dia de chuva, caindo
em grossas gotas na janela
e eu ansiando o sol
lembrando doces dias, um farol
que me apontava a mais linda estrela.

Chovia, nessa tarde cinzenta
e o meu coração, triste, lembrava
os doces dias em que te amei
as doces noites em que te abracei
quando a mais bela estrela em nós brilhava.

Miguel Afonso

2 comentários:

Felipa disse...

E que as estrelas brilhem cada vez mais dentro de nós!

Isabela disse...

Eu amo estrelas! Lindo poema!