domingo, 13 de março de 2011

Cai-me à água um pensamento

Cai-me à água um pensamento
numa barca o recolheram
levaram-no pelo vento
nunca mais mo devolveram.

Fiquei órfão de sentidos
abandonado no tempo
numa barca de suspiros
que são ais de desalento...

MIGUEL AFONSO

1 comentário:

Felipa disse...

Cai-me à água um pensamento
levaram-no as marés,
em vagas de desalento
que me molharam os pés...